O HIV, OS IDOSOS E A SEXUALIDADE: UMA REFLEXÃO SOB O OLHAR DA BIOÉTICA

Ibrahim Clós Mahmud, Luciana de Almeida da Cunha, Paulo Renato Petersen Behar, Newton Luiz Terra

Resumo


INTRODUÇÃO: Atualmente, existem em torno de quinhentos milhões de idosos, o que corresponde a aproximadamente 8% da população mundial, e a estimativa para 2030 é de um bilhão (13%). Ao longo da última década, a epidemiologia da AIDS tem apresentado modificações em sua evolução, incluindo o aumento da incidência e da prevalência de Pessoas Vivendo com HIV (PVHIV) com mais de 60 anos de idade. OBJETIVO: Analisar a produção científica referente à temática HIV, idosos e sexualidade sob o olhar da bioética, tendo como base a legislação vigente. MÉTODOS: Trata-se de uma revisão narrativa da literatura. Foi utilizada a base de dados PubMed, e a busca procedeu-se no período de abril a julho de 2018, utilizando os seguintes descritores: Medical Subject Headings (MeSH): “Aged” AND “HIV” AND “bioethics”. O recorte temporal foi de 2008 a 2018, foram incluídos somente artigos completos revisados por pares e disponíveis em inglês, português ou espanhol. CONCLUSÕES: Foi encontrada pouca literatura em relação a esse tema, o que fica evidente a necessidade de se discutir e difundir mais sobre a infecção pelo HIV no público idoso.


Palavras-chave


Idoso. Saúde do Idoso. HIV. Bioética. Ética Médica.

Texto completo:

PDF


DOI: https://doi.org/10.18308/2318.9983.2018.1.91

Apontamentos

  • Não há apontamentos.